Emi Tavares

um blog sobre experiências

São Paulo, SP, Brasil

Nada x Nada

Escrevi esse texto já tem umas semanas, mas postando só hoje pois não quis deixar ele como mais um nos rascunhos.

Via Unsplash

O resultado dessa equação é o que tem ocorrido por aqui, nada. Ok, não posso ser tão pessimista assim, mas é como eu me sinto. Nem vou fazer uma retrospectiva desse ano ainda, quero deixar esse post para final do mês, se eu postar né. Pelo menos esse será o terceiro post do ano, queria ter escrito mais, mas... não deu. É isto, ano que vem a gente tenta de novo. E nem é essa coisa toda de ter número X de posts, mas em vários momentos perdi de relatar as coisas por aqui, eu iria gostar de ler no futuro. Deixaremos apenas nas memórias e nas fotos tiradas nesses momentos.

Esse post não é bem algo muito animador, estou num momento estável, nem muito triste e nem muito eufórica, estou com humor mais neutro e acho que esse é o momento perfeito para a escrita. Diversas vezes esse ano já tentei escrever um post pra esse blog enquanto eu estava muito empolgada com algumas coisas que estavam acontecendo e outras vezes tentei escrever enquanto eu estava num momento mais triste, o que acontecia era: ou eu ficava desanimada quando eu estava empolgada e algo não saía como esperado ou eu não tinha a menor vontade de escrever.

Eu sabia que me mudar pra São Paulo não seria muito fácil, eu já esperava que algumas coisas acontecessem, como as crises de ansiedade voltarem. Só não sabia que seria um turbilhão de coisas, como uma montanha russa, misturado com algo calmo.

Eu não faço a menor ideia de qual caminho esse texto está indo, como muitos textos de desabafos eu estou apenas escrevendo.

Esse segundo semestre na faculdade começou parecendo tudo errado, fiquei mais desanimada, não conseguia acompanhar as aulas, fiquei impaciente demais e sem conseguir me concentrar para fazer as coisas direito. O que mais me incomodou foi o fato de eu ter ficado mais impaciente e estressada ao mesmo tempo. Também me decepcionei comigo mesma com isso. Eu estou fazendo o curso que eu sonhei por anos e por qual motivo estou assim?

Apesar de eu ter conhecido algumas pessoas, dividir casa, ainda me sinto muito solitária. E percebi que acabei me afastando mais dos meus amigos. Essa é sempre a tendência né, a gente se isolar cada vez mais.

Eu estava querendo trazer posts no blog toda semana contando o que eu fiz durante os dias, é como se fosse um vlog, só que escrito, mas não encontrei um formato muito adequado para registrar aqui. Talvez eu possa reunir os acontecimentos por semana com fotos ou por mês. Só não vai ser do jeito que eu queria, eu realmente preciso registrar algumas coisas. Escrever me ajuda a pensar e chegar a uma solução.

Também percebi nos últimos dias um certo mal hábito que tenho que acaba me prejudicando muito, que é o de "planejar demais e agir de menos". Eu simplesmente não consigo realizar uma tarefa porque não a planejei o suficiente antes, quando percebi isso passei a ficar incomodada ainda mais comigo mesma. Mas serviu pra eu me espertar e começar a agir mais.

Eu só ainda não encontrei solução para não ficar frustrada quando imprevistos acontecem, mas um dia chegaremos lá.

Sinto falta de fazer uma tarefa divertida sem ter que ficar pensando em faculdade ou desesperada por que não tenho emprego na área ainda. Saudades de fazer algo criativo, desenhar, pintar... Meio que não tenho muito pra onde ir, eu passo realmente umas 22 horas do meu dia dentro do quarto. Aqui em casa não tem sala, os cômodos que eu fico são na cozinha ou no quarto, são os únicos possíveis para eu ficar. É desesperador demais. Sair na rua não é tanto uma opção, sozinha não saio se não for para algo necessário, tipo mercado. Perdi a vontade.

Os sábados geralmente eram chatos, o pior dia, eu não gostava. A parte boa é que passei a gostar, já que é o dia em que meu namorado e eu temos de folga, já que trabalho aos domingos e feriados, e ele trabalha viajando durante a semana =)

Eu nunca mais terminei um livro e isso também me deixa frustrada. Também estou começando e ficar de saco cheio de redes sociais, de verdade, já está começando a se tornar algo chato, entediante e que parece que suga todas as minhas energias.

Esse texto está muito sem nexo, mas basicamente sou eu sem ânimo pra fazer qualquer coisa da minha vida. Está cada vez mais fácil passar o dia deitada na cama apenas existindo.

Comentários

back to top